Na noite da última quarta-feira, 8, uma ação conjunta realizada por policiais civis da 5ª Delegacia Regional de Guaraí e da 7ª Delegacia Regional de Colinas do Tocantins, sob o comando dos delegados Adriano Carrasco, Túlio Motta, Ronie Esteves e Sávio Azevedo, resultou na prisão de suspeitos de integrar uma quadrilha que praticava roubos a mão armada e que agia na região das duas cidades.

A operação foi deflagrada após a ação ousada de criminosos armados com revólveres, a qual vitimou comerciantes do Setor Aeroporto, além de familiares dos mesmos, fato ocorrido no início da noite da última terça-feira, 7, em Guaraí.

Na tarde da última quarta-feira, 08, após ininterruptas buscas, o primeiro criminoso, identificado como Rafael Morais Gomes, vulgo “Rafael Sapateiro” (18 anos), foi localizado e preso, ainda em poder de um telefone celular e perfumes roubados das vítimas. Após a prisão de Rafael, a Polícia Civil obteve informações que os demais assaltantes estavam escondidos na cidade de Colinas.

Desta maneira, uma equipe da Polícia Civil daquela cidade foi acionada para dar apoio ao cerco policial e a rápida resposta proporcionou a identificação, localização e prisão de Douglas Alves Sudré Cardoso (19 anos); Jhonata Rodrigues Cavalcante (18 anos) e Jefson Divino Rodrigues Cavalcante (24 anos).

Em poder dos suspeitos, os policiais civis localizaram um revólver calibre 38, utilizado no crime de Guaraí, 16 munições intactas; 405 gramas de maconha; 10 gramas de crack e cerca de R$ 432,00, em dinheiro, além outros objetos roubados dos comerciantes de Guaraí, tais como: um notebook, um relógio; vários perfumes e dois telefones celulares. Um dos participantes do assalto ao comerciante, já identificado, ainda encontra-se foragido.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.