A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 2ª Delegacia de Palmas, desvendou um furto qualificado, ocorrido em uma empresa da Capital, no último fim de semana e recuperou grande parte dos produtos subtraídos durante a ação criminosa.

Conforme a equipe da 2ª DPC, na madrugada do último domingo, 19, um indivíduo invadiu a sede de uma empresa de placas e divisórias, que fica localizada na Quadra 812 sul, em Palmas e furtou uma grande quantidade de mercadorias tais como: cinco treinas a laser, três furadeiras, dois, dois notebooks, um aparelho celular, um aparelho de DVR, que é responsável por armazenar as imagens do circuito de segurança, R$ 200 reais em espécie, dois cartões de crédito, bem como mais de 100 folhas de cheques da empresa e também de terceiros.

Após tomar conhecimento do crime, os policiais da 2ª DPC deram início as diligências e investigações e conseguiram localizar o principal suspeito pelo furto. Ao ser ouvido, o homem, de 25 anos confessou a autoria do crime e indicou o local onde estariam escondidos boa parte das mercadorias furtadas.

Desta forma, os policiais civis foram até a residência do suspeito, no Jardim Aureny IV, onde encontraram e apreenderam, 5 trenas a laser, 2 furadeiras, 2 níveis, a laser, e um cartão bancário, além de todas as 100 folhas de cheque furtadas da empresa. Vale ressaltar que os produtos furtados têm grande valor comercial, uma vez que uma única trena a laser pode valer mais de R$ 200 reais.

 No local, os policiais civis também encontraram um conjunto de quatro rodas esportivas, bem como um aparelho celular, para os quais o suspeito não apresentou qualquer tipo de documento de aquisição lícita. Dessa maneira, todo o material foi apreendido e levado até a sede da 2ª DP, juntamente com o autor.

Após serem periciados, todos os objetos serão devolvidos aos verdadeiros proprietários. O suspeito será indiciado pela prática do crime de furto qualificado, no entanto, como não estava mais em situação de flagrante, foi liberado e, em princípio, responderá ao processo em liberdade, conforme determina a legislação vigente.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.