O corpo de Taísa Ribeiro foi encontrado em avançado estado de decomposição na manhã desta quinta-feira, 23, no setor Nova Esperança, nas proximidades de um lixão, em Paraíso do Tocantins. A jovem estava desaparecida desde o último dia 17 de novembro. A família da vítima fez o reconhecimento da jovem por meio de suas.

De acordo com a delegada que cuida do caso, Raimunda Bezerra, a vítima desapareceu após marcar um encontro com um homem.

Ela visualizou o WhatsApp pela última vez à 0h38 do dia 18. Depois disso, ela não atendeu mais ao telefone, disse a delegada.

Raimunda diz que a polícia investiga o caso como crime passional. Uma das possibilidades é essa, já que ela tem dois ex-companheiros. Eles moram em outros estados, um é pai dos três filhos dela e esse terceiro homem com quem ela marcou o encontro.

A delegada disse que o pai dos filhos que mora no Pará já foi ouvido por um delegado, na cidade de Redenção. Na manhã desta quinta-feira ela ouviu o homem com quem Taísa marcou o encontro. O outro ainda será ouvido. O nome deles não foi informado, as investigações são sigilosas.

O Corpo de Bombeiros realizou a retirada do corpo do local e o encaminhou para o Instituto Médico Legal (IML).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.