Um fenômeno interessante vem acontecendo no País há alguns anos: pessoas com 40 anos ou mais estão voltando aos bancos escolares e buscando oportunidades de estágio para facilitar a reinserção no mercado de trabalho. No banco de dados do CIEE há 7,2 mil estudantes com esse perfil estagiando em organizações públicas e privadas em todo o País. O volume repete o número verificado no levantamento do ano passado.

Se de um lado há quem esteja buscando oportunidades em uma nova carreira, de outro há quem só agora tenha conseguido dar continuidade aos estudos e busque o estágio para se inserir no mercado. O estágio é uma das melhores portas de entrada para o mundo do trabalho, prova disso é o alto índice de efetivação, que é de 64%, segundo levantamento do CIEE.

Os cursos mais procurados pelos quarentões são pedagogia, direito, serviço social, administração e psicologia. (Cláudio Rodrigo de Oliveira)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.