dennis-tavares-4A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ouviu na manhã desta terça-feira, 09, o suspeito de ter cometido três homicídios e assaltado uma churrascaria na quadra 1206 sul, em Palmas.

Wanderson Oliveira, 20 anos, confessou ter matado Raniel Dares da Silva, de 22 anos, mais conhecido como Nego Panda, próximo ao setor Bertaville, em março deste ano, e Emerson, vulgo Cavalinho, em abril deste ano, no Quintal Cultural, setor Aureny III.

De acordo com o delegado João Sergio Kenupp, titular da DHPP, Wanderson confessou ter assaltado a churrascaria e ter atirado em Raniel e Emerson. Mas, apesar de confirmar envolvimento no crime, negou ter atirado em Glaisson dos Santos Cardeal, de 33 anos, servidor público da Prefeitura de Palmas que foi morto em março deste ano, próximo ao setor Bertaville.

Ainda segundo o delegado, a DHPP estava investigando estes crimes e já tinha representando junto à justiça pela prisão de Wanderson. Ele foi preso em Imperatriz pela polícia do Maranhão no último dia 24 de Outubro, por tráfico de drogas. Nesta segunda-feira, 09, foi encaminhado a Palmas para responder pelos crimes cometidos na Capital. Ele se encontra recolhido na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), a disposição do poder judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.