Dimas em audiência com Michel Temer
Dimas em audiência com Michel Temer

Com agenda em Brasília desde esta quarta-feira, 16, o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, acompanhado do senador Vicentinho Alves, reuniu-se no gabinete do presidente da República, Michel Temer, para defender a liberação de recursos para projeto de infraestrutura na cidade. Na audiência, o presidente autorizou o ministro das Cidades, Bruno Araújo, a viabilizar o projeto com urgência.

Ainda no encontro, Dimas falou da importância do projeto para consolidar a cidade como polo regional. “Araguaína é o segundo maior município do Estado do Tocantins, com quase 200 mil habitantes e é polo de desenvolvimento econômico, tendo influência sobre municípios do Tocantins, Sul do Maranhão e Pará, o que abrange população superior a dois milhões de habitantes”.

O prefeito também citou: “O poder público requer uma atenção prioritária para investimentos em obras de infraestrutura urbana em Araguaína”.

O senador Vicentinho Alves apontou ao presidente a amplitude do projeto. “É um projeto consistente, que abrange diversas obras importantes de pavimentação, construção de pontes de interligação de bairros, calçamentos de áreas e sinalização de trânsito”.

Estiveram presentes também na audiência com o presidente o deputado federal Vicentinho Alves Júnior, o ex-governador e prefeito de Paraíso-TO, Moisés Avelino, e o assessor José Luís.

Recursos

Os recursos para as obras de infraestrutura urbana de Araguaína são do Programa de Apoio à Política Nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades. Em audiência marcada para a tarde desta quinta-feira, 17, com o prefeito Dimas e o senador Vicentinho Alves, o ministro Bruno Araújo irá definir quanto e quando serão liberados os recursos para início das obras na cidade.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.