Deputado Amélio Cayres (SD)
Deputado Amélio Cayres (SD)

O deputado Amélio Cayres (SD) pediu a realização de uma audiência pública para debater segurança no Estado. O requerimento foi aprovado em regime de urgência na sessão ordinária desta terça-feira, 8. O parlamentar propõe que o assunto seja debatido com o comandante geral da Polícia Militar do Tocantins (PM-TO), coronel Glauber Santos, e outros representantes de órgãos públicos que contam com a vigilância de militares da PM.

Conforme Amélio, no Estado, vários municípios se encontram com ausência total de policiamento. “Enquanto centenas de militares estão cedidos para órgãos públicos, a população fica sem segurança. Por isso, se faz necessário discutir o assunto e encontrar uma saída”, justifica.

Também em regime de urgência, o deputado Olyntho Neto (PSDB) solicitou a realização de outra audiência pública para a discussão da venda da Saneatins para a Odebrecht Ambiental. O tucano ainda quer que a Assembleia convide o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, para esclarecer aos parlamentares sobre a situação da rede pública estadual.

Outro requerimento aprovado em regime de urgência, de autoria do deputado Valdemar Júnior (PMDB), solicita informações à Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos sobre o andamento das obras que ligam as avenidas NS – 15 e LO – 13, em Palmas. A obra servirá de anel viário e contribuirá para desviar o fluxo de caminhões do centro da cidade.

Ainda na mesma modalidade de tramitação, foram aprovados dois requerimentos do deputado Ricardo Ayres (PSB) que solicitam explicações à Secretaria de Segurança Pública e ao Ministério Público Estadual (MPE) sobre o caso de estudantes que participaram da ocupação do Centro de Ensino Médio Dona Filomena, em Miracema do Tocantins, e foram conduzidos por policiais militares para a delegacia com algemas.

Na mesma sessão foram aprovadas matérias do deputado Elenil da Penha (PMDB). Entre elas, o pedido de viatura da PM para Recursolândia e o reforço policial para Crixás. Também receberam anuência do plenário requerimentos do deputado Jorge Frederico (PSC) que cobram atendimento neuropediátrico em Araguaína, e a implantação de Colégio Militar em todos os municípios do Estado que disponham de batalhão da PM.

O parlamentar Júnior Evangelista (PSC) obteve autorização dos colegas aos pedidos de expansão da rede de água em quatro povoados de Rio Sono. O mesmo serviço para a avenida “D” do Loteamento Irmã Dulce, em Palmas, foi feito pelo deputado Cleiton Cardoso (PSL).

O deputado Nilton Franco (PMDB) solicitou a reforma da Delegacia de Polícia de Nova Rosalândia e a roçagem das margens da rodovia TO-080, entre Palmas e Paraíso do Tocantins. (Elpídio Lopes e Maisa Medeiros)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.