A representante do Tocantins no programa Jovem Senador 2015 é a estudante da Adrielle Moreira de Souza, do Colégio Estadual Joaquim de Sena e Silva, de Combinado. Ela e os outros 26 alunos das demais unidades da federação e do Distrito Federal foram empossados nesta terça-feira, 17, em Brasília. Até o próximo dia 20 eles irão conhecer a estrutura e o funcionamento do Poder Legislativo, além de apresentar e debater projetos que podem vir a tramitar como projeto de lei no Senado.

“Ter tomado posse hoje foi muito emocionante. Eu nunca imaginei estar aqui no plenário do Senado e participando de um evento tão grandioso. Para mim está sendo muito interessante essa experiência, enriquecedora para meu aprendizado como estudante e principalmente como cidadã”, conta Adrielle.

O secretário de Estado da Educação, Adão Francisco, esteve presente na cerimônia de posse e destacou a representatividade dos estudantes do estado em programas nacionais.  “A Adrielle é aluna da escola mais especializada no Tocantins em levar alunos para o programa Jovem Senador tendo conseguido levar representantes a seis edições do programa. Isso mostra que a rede estadual de educação tem tido participação muito positiva dos nossos alunos e professores o que vem nos permitindo ser referência no contexto nacional.  No Jovem Senador, por exemplo, a concorrência se dá a partir da Língua Portuguesa, na forma de uma redação ao apresentar a compreensão do jovem sobre o contexto político. Com isso se percebe que a formação cidadã ofertada nas escolas da região Sudeste, especialmente no município de Combinado, coaduna com o sentido da Educação Integral Humanizada”, enfatiza.

O Jovem Senador é um projeto anual que seleciona, por meio de um concurso de redação, 27 estudantes para vivenciarem o trabalho dos senadores. Nesta edição o Jovem Senador mobilizou mais de 267 mil alunos, com até 19 anos, matriculados no ensino médio de escolas públicas de todo o País. Em 2015, mais de seis mil professores atuaram como orientadores de apoio no projeto que conta com o apoio do Ministério da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e das secretarias de Educação dos estados e do Distrito Federal.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.