Daniel Carvalho

Serão empossados nesta segunda-feira, 2, o novo procurador-chefe da Procuradoria da República no Tocantins (PR/TO), Daniel Carvalho, e o novo procurador Regional Eleitoral no Tocantins, Álvaro Manzano, durante o biênio 2017/2019. A posse acontece em Brasília, na Procuradoria-Geral da República, junto com os eleitos nas demais unidades do Ministério Público Federal (MPF).

Durante a nova gestão, o procurador da República, George Lodder, será o substituto tanto do procurador-chefe como do novo procurador Regional Eleitoral, função no qual ele foi titular nos dois últimos anos.

Após a posse, os procuradores participam da primeira reunião de trabalho, onde serão apresentadas informações sobre gestão estratégica, segurança, orçamento, rotinas de inteligência, fluxos de informação e comunicação, entre outros temas.

O MPF conta com três unidades no Estado e com 11 procuradores no total. A Procuradoria da República no Tocantins, em Palmas, com oito procuradores; a Procuradoria da República em Araguaína, com dois procuradores; e a Procuradoria da República em Gurupi, com um procurador.
Conheça a trajetória dos eleitos

Daniel Carvalho – É soteropolitano, casado e tem 36 anos. Formou-se em direito na Unifacs – Universidade Salvador. Ingressou no MPF em 2006, como servidor, onde ficou por dois anos. Depois se tornou procurador Federal da Advocacia-Geral da União – AGU, de 2008 a 2012. Retornou ao MPF como procurador da República em 2012, e atua na Procuradoria da República no Tocantins desde fevereiro de 2017.

Álvaro Manzano – nasceu em São Paulo (SP), mas foi criado em Porto Nacional (TO). É casado com Edna O. Lotufo Manzano, fonoaudióloga, com quem tem quatro filhos. É formado em direito pela Universidade de São Paulo – USP. Ingressou no MPF como procurador da República em 1996, e está lotado na Procuradoria da República no Tocantins desde janeiro de 1998, onde já foi procurador-chefe por quatro mandatos e procurador Regional Eleitoral por sete anos. Formou-se na USP, em 1990.

George Lodder – é brasiliense, casado e tem dois filhos. Formado em direito pela Universidade de Brasília – UNB, ingressou no MPF como procurador da República em 2008. Atuou em Macapá, onde foi procurador-chefe substituto, coordenador da 2ª Câmara Criminal de Revisão e Procurador Regional dos Direitos do Cidadão de 2010 a 2013. Está lotado na Procuradoria da República no Tocantins desde abril de 2015, onde é coordenador da 2ª Câmara Criminal de Revisão e foi Procurador Regional Eleitoral no Tocantins de 2015 a 2017.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.