Josias Santos

Parentes e amigos do fotógrafo Josias dos Santos, que morreu em Araguaína, norte do Tocantins, foram surpreendidos por um criminoso no momento em que prestavam homenagem à família. Eles esperavam a chegada do corpo para iniciar o velório em outro local. O caso foi registrado pela Polícia Militar por volta das 14h desta segunda-feira (9), no setor Araguaína Sul.

O fotografo lutava contra um câncer e morreu após sofrer uma parada cardíaca na manhã desta segunda-feira. O crime aconteceu na casa dele enquanto dezenas de pessoas estavam reunidas com os parentes, aguardando o corpo.

A Polícia Militar informou que um homem entrou no local armado e rendeu pelo menos três pessoas, mas quando percebeu que havia muitas pessoas dentro da casa resolveu fugir. Ele ainda conseguiu levar joias, alianças, celular e objetos pessoais de algumas pessoas.

Ainda conforme a polícia, o velório não seria no local do crime, mas na casa de parentes de Santos no mesmo setor. A PM pegou as características do suspeito e faz buscas na cidade. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.