O Governador Marcelo Miranda sancionou, sem vetos, o projeto de lei que autoriza o chefe do Poder Executivo a contratar operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal, com a garantia da União, no valor de R$ 453 milhões, destinados ao financiamento de ações de saúde, educação, segurança pública, gestão e infraestrutura.

Publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, dia 10, a Lei nº 3.266/2017 dispõe em seu texto que “incumbe ao Poder Executivo consignar no orçamento anual, durante o prazo estabelecido no contrato, dotação suficiente para amortizar a operação de crédito de que trata a lei”, que entrou em vigor na data da publicação.

Os R$ 50 milhões originalmente destinados à construção do anexo da Assembleia Legislativa foram divididos igualmente entre os 139 municípios. Somaram-se a esse valor outros R$ 91 milhões, negociados pelos parlamentares com o Executivo, além do remanejamento de mais R$ 67 milhões. Com isso, o montante destinado a obras de infraestrutura municipal soma R$ 208 milhões, sendo, no mínimo, R$ 1,02 milhão para cada.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.