Gurupi
Gurupi

Uma ação conjunta realizada na madrugada desta quinta-feira, 27, por policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) e da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) Núcleo Sul, em Gurupi, resultou na apreensão de aproximadamente 53 kg de maconha e na prisão em flagrante pela prática do crime de tráfico interestadual de drogas de  Yagno Morais da Silva, 23 anos de idade e na apreensão de um adolescente de 17 anos de idade.

A operação, que foi comandada pelos delegados Guilherme Rocha da Denarc e Rafael Falcão da Deic, teve início à partir de informações levantadas pelos investigadores das duas delegacias, de que um grande carregamento de drogas chegaria na cidade de Gurupi, nessa madrugada. Diante disso, os policiais civis foram até o Terminal Rodoviário de Gurupi, onde montaram campana à espera de um ônibus que vinha de Goiânia trazendo a droga.

Por volta das 3hs da madrugada, um coletivo, que se encaixava na descrição do veículo em que o entorpecente poderia estar, chegou ao Terminal Rodoviário, vindo da capital de Goiás. Nesse momento, os policiais entraram no ônibus e passaram a fazer buscas nas bagagens dos passageiros, momento em que abriram a mala de Yagno e encontraram 53 tabletes de maconha acondicionados em sacos plástico, os quais totalizaram 53kg da droga.

Diante dos fatos, os dois suspeitos foram conduzidos até a Central de Flagrantes de Gurupi, onde Yagno Morais foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e o menor de idade foi autuado por ato infracional análogo ao tráfico. Conforme informações dos delegados Guilherme Rocha e Rafael Falcão, o entorpecente apreendido abasteceria “bocas de fumo”, em Gurupi e também em municípios vizinhos.

Após os procedimentos cabíveis, Yagno, que já tem passagem pela polícia pelos crimes de roubo e tentativa de homicídio, foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário e o adolescente infrator foi recolhido ao Centro de Internação Provisória de Gurupi (CEIP – SUL), onde ficará à disposição da Justiça.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.