Um papagaio acabou com um casamento e quase levou um homem para a cadeia no Estado do Golfo, no Kuwait. O animal foi responsável por trazer à tona para a esposa dele uma suposta traição.

De acordo com o jornal Al Shahed Daily, o papagaio começou a repetir frases “de flerte” na frente da mulher, que estranhou o conteúdo por nunca ter ouvido nada parecido. Depois, quando o pássaro passou a repetir o que tinha ouvido, ela levou o animal como prova para a polícia.

O adultério é considerado ilegal no Estado Golfo e pode levar à prisão. As autoridades, entretanto, argumentaram que as frases emuladas pelo papagaio não poderiam ser usadas como prova, já que ele também poderia ter ouvido a conversa íntima na TV ou no rádio.

Com isso, o caso não avançou na Justiça. Não é a primeira vez que um pássaro “falastrão” provoca situação semelhante. Em 2006, um pássaro desta mesma espécie teria revelado o caso de uma mulher com um colega de trabalho, gritando “eu te amo Gary” na frente de seu namorado – cujo nome era Chris.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.