Conforme o que foi deliberado na semana passada, os integrantes que compõem o Movimento de União dos Servidores Civis e Militares do Estado do Tocantins (MUSME) foram nesta terça-feira, 18, até o Palácio Araguaia, com o objetivo de buscar uma posição do governo quanto a proposta protocolada pelo movimento no último dia 27.

Após três horas de espera, os dirigentes sindicais foram recebidos pelo Secretário de Governo e Articulação Política, Lyvio Luciano, que após ouvir os representantes do MUSME, informou que o Governo deverá apresentar uma proposta de pagamento da data-base até a próxima semana.

Na ocasião os sindicalistas apontaram a ansiedade da categoria em resolver logo a questão, e que está causando estranheza a demora do Governo em responder o ofício protocolado pelas entidades.

Em virtude disto, os integrantes do MUSME solicitaram que o governo agilizasse uma resposta para a categoria. Assim Lívio Luciano afirmou que até quinta-feira, 20, irá comunicar aos sindicatos a data da reunião em que o Governo apresentará a proposta de pagamento da revisão salarial anual.

A direção do Sintras aguarda que venha logo uma proposta da gestão estadual para podermos levar a base deliberar se aceita ou não.

Panfletagem

Também foi deliberado na última reunião do MUSME que na próxima quinta-feira, 20, realizará uma panfletagem para esclarecer a população em geral sobre o que motivou os servidores públicos a greve geral por tempo indeterminado.

A ação acontecerá nos comércios das Avenidas JK e Tocantins, em Taquaralto, no período da manhã, simultaneamente.

Documento Protocolado

A proposta construída pelas sugestões das categorias é a seguinte:

1) implementar 50% do índice da data-base 2016, na folha de pagamento de outubro de 2016;

2) implementar os outros 50% do índice da data-base 2016, na folha de pagamento de janeiro de 2017;

3) pagar os retroativos da data-base 2015, no exercício de 2017, iniciando na folha de janeiro;

4) pagar os retroativos da data-base 2016, no exercício de 2017, iniciando na folha de janeiro.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.