Ofício
Ofício

O governo do Tocantins havia marcado audiência nesta segunda-feira, 24, com os sindicatos para discutirem uma negociação sobre a data-base.

Os sindicalistas foram levados a aguardar na antessala do secretário de Governo, Lyvio Luciano, das 16 às 19 horas.

Não apareceram nem o Secretário de Administração tampouco o Secretário de Governo, tido como condutor das conversações.

Às 19  horas tiveram que se contentar com um ofício que lhes foi entregue pelo secretário de Comunicação, Rogério Silva.

No Ofício 50/2016, do Grupo Gestor, assinado por Lyvio Luciano e Geferson Barros (Secretário de Administração), Marcelo Miranda dava por encerrada, de forma lacônica, qualquer negociação sob pagamento de data-base.

E ainda pede o retorno imediato dos servidores em greve às suas atividades “como forma de reduzir os danos causados à sociedade em geral”.

Sindicalistas estão reunidos esta noite para saber o que fazer. (Fonte: Luiz Armando Costa)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.