Equipes técnicas da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) reuniram-se com os participantes do Projeto Rondon na tarde desse domingo, 16. O encontro foi realizado no quartel do 22° Batalhão de Infantaria (BI) em Palmas e teve como objetivo repassar as últimas informações aos rondonistas antes da viagem precursora do Projeto aos municípios que serão atendidos em janeiro de 2017.

Um dos conjuntos disciplinares do Projeto Rondon contempla ações na área da educação, por meio de formações para professores de ensino fundamental e médio. Dentro deste contexto, a Seduc disponibilizou aos participantes do projeto um relatório sobre a situação educacional dos 16 municípios selecionados.

“Nós realizamos um diagnóstico da rede estadual de educação e esse diagnóstico nos apontou uma necessidade de ações prioritárias. Ao saber que receberíamos mais de 30 universidades tive a certeza de que contaríamos com o conhecimento e capacidade técnica de vocês para melhorar o desenvolvimento educacional em todos os municípios atendidos pelo Projeto Rondon”, destacou a professora Wanessa Sechim, secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes.

Dentro da área da educação, o objetivo do Rondon é capacitar educadores do ensino fundamental e do ensino médio sobre técnicas de ensino e aprendizagem, motivação, mediação de conflitos, relacionamentos interpessoais, distúrbios de aprendizagem, entre outros.

Para a secretária, as ações do Rondon articuladas com a educação podem ser realizadas dentro de uma das demandas encontradas no diagnóstico realizado para a elaboração do Plano Estratégico da Seduc (PES), principalmente no que diz respeito a aulas de reforço de redação e matemática, com novas metodologias educacionais. “Temos clareza que se atuarmos juntos, em um grande movimento e com a participação de todos os agentes possíveis, nós podemos contribuir para o desenvolvimento na educação desses municípios”, completou.

O coordenador do projeto, coronel Alexander Fortes do Nascimento, explicou parte da metodologia do trabalho que será realizado pelos rondonistas. “Nessa fase em que estamos agora, nós já recebemos o material das 33 universidades participantes. As equipes terão dois professores em cada uma das cidades, ou seja, serão 32 professores que irão trabalhar na capacitação dos educadores”, frisou.

Ao final do encontro, o coordenador do Projeto Rondon se mostrou satisfeito com a reunião entre os rondonianos e a Seduc. “Conseguimos atingir o nosso objetivo antes da viagem precursora. É muito importante ter esse apoio para chegarmos a um número maior de pessoas atendidas pelo projeto. É muito importante essa sinergia, esse trabalho conjunto entre as esferas federal, estadual e municipal”, concluiu.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon, sob coordenação do Ministério da Defesa, é conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.