Dando continuidade a programação do I Congresso Interdisciplinar da Saúde do Centro Universitário UnirG, todo o dia de hoje, 29, foi dedicado  a promoção dos workshops e oficinas realizadas no campus II. Somente com esses cursos, cerca de 30 temas foram abordados durante o evento. O Congresso iniciou na última terça-feira e encerra nesta quinta-feira, 29.

As atividades foram promovidas pelas coordenações e pelas Ligas Acadêmicas dos cursos da área da saúde, como: Enfermagem, Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia e Psicologia.

Entre os temas que foram abordados estão Simulação de parto normal, Higienização das mãos em ambiente hospitalar, Introdução ao Pilates, Reparo das lesões ósseas críticas com prómateriais e células tronco, Desmistificando o atendimento odontológico a pacientes com necessidades especiais, além do registro de cadastro de doadores de medula óssea.

Nesta tarde, a professora do curso de Psicologia, Vânia Caixeta, ministrou a oficina Saúde do Trabalhador: Um olhar da Psicologia Organizacional. Na oportunidade ela mostrou aos alunos a importância da função do Psicólogo para a melhoria da saúde do profissional. “O funcionário que tem satisfação e motivação em seu ambiente de trabalho tem resultados positivos que refletem até nos aspectos emocionais e fisiológicos. A função do Psicólogo é acolhê-lo e orientá-lo caso necessário, pois problemas externos também podem atingir o desempenho dele na empresa”, disse a professora.

Outra oficina promovida durante o evento foi do curso de Odontologia, MOCK UP – Planejamento do sorriso, ministrada pelo professor Ms. Bruno Simião. O objetivo foi apresentar para os acadêmicos a técnica bastante procurada atualmente no tratamento estético facial dos pacientes.

“A construção do sorriso é realizada como um projeto arquitetônico. O planejamento é que irá determinar a direção para o tratamento com cerâmicas ou facetas de resinas, sem degradar o dente e nem fazer nenhuma intervenção dando condições para o profissional prever o resultado”, explicou Simião.

Para a professora e membro da comissão organizadora do curso de Odontologia, Sônia Paiva, o fato de o Congresso ser interdisciplinar possibilita mais qualidade no aprendizado do profissional. “Essa experiência está sendo muito enriquecedora para a formação dos alunos, pois a discursão de vários temas abrangentes irá melhorar o atendimento humanizado contribuindo na formação”, destacou Paiva.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.