Homens feridos
Homens feridos

Os Policiais Militares de Praia Norte receberam uma denúncia informando que na saída para o Povoado São Félix havia um senhor com uma faca em punho e que aparentava estar transtornado, gerando medo nas pessoas. Ao chegarem lá, os militares encontram o autor, identificado como Valdemar Lourenço da Silva, de 72 anos, sentado ao chão com a faca na mão.

Neste momento iniciou-se uma negociação a fim de  convencerem o idoso a soltar a faca, porém sem êxito. A todo momento ele dizia que tinha um dinheiro a receber e que estava disposto a matar ou morrer. Como as negociações não evoluíram, um dos PM’s lançou um jato de spray de pimenta contra os olhos de Valdemar, mas foi em vão, sendo que ele persistia em não soltar a arma.

Em seguida, os Policiais fizeram uso de cassetetes para conter o autor, mas neste instante ele avançou contra o Sargento Nelson Rodrigues dos Santos, que ao recuar tropeçou, levando um golpe na palma da mão esquerda provocando uma perfuração.

Diante disto, percebendo que o autor continuaria desferindo golpes contra o militar caído e valendo-se do dispositivo legal quanto ao uso progressivo da força, o Cabo Jefferson efetuou um disparo com uma pistola, atingindo a tíbia da perna esquerda do autor, que veio a cair ainda com a faca na mão. Após isto, foi solicitado novamente que ele soltasse a faca, sendo que desta vez os Policiais foram atendidos.

Contudo, o infrator ainda continuava agressivo, sendo obrigado o uso de algemas até a chegada da ambulância municipal para socorro de ambos os feridos. Eles foram encaminhados ao Hospital Regional de Araguatins, onde foram submetidos a procedimentos médicos. O Sargento ferido recebeu cinco pontos na palma da mão e o idoso deve ser submetido a um procedimento cirúrgico e logo após será apresentado na Delegacia de Augustinópolis para ser autuado em flagrante delito.(Patrulha na Net)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.