Carcaças de gado encontradas na propriedade do acusado

Foram aproximadamente 30 dias de investigações, as quais envolveram toda a equipe da Polícia Civil de Dueré, sul do Tocantins, e resultou na prisão em flagrante de Raimundo Alves, 48 anos, por furto de gado na região. A prisão foi efetuada na segunda-feira, 11, na cidade de Dueré, motivada pelo furto de uma vaca, na zona rural da cidade.

De acordo com a Delegada Eliane Machado Pereira, responsável pelo caso, o animal foi abatido e comercializado na cidade de Dueré, ocasião em que os policiais civis localizaram o transportador e o adquirente do bovino.

Conforme informações da Delegada Eliane Pereira, Raimundo Alves estava sendo investigado por suspeita de envolvimento em recorrentes furtos de gado na região. A investigação da Polícia Civil identificou um intenso movimento de abate de animais na fazenda do acusado, motivo pelo qual as investigações foram intensificadas, pois, segundo a delegada, “a propriedade é muito pequena, sendo incompatível com a movimentação”, esclareceu.

Carcaça de gado encontrada na propriedade do acusado

Em continuidade às investigações, a Polícia Civil localizou, na manhã desta terça-feira, 12, na propriedade de Raimundo Alves, mais sete animais que haviam sido furtados e, cujas marcas estavam adulteradas. Na fazenda do investigado também foram localizadas mais de 30 carcaças uma das quais já foi reconhecida por outra vítima. Todas as reses foram periciadas e restituídas ao legítimo proprietário.

A delegada Eliane Pereira disse que as investigações continuam, no sentido de identificar outros envolvidos, bem como o destino de todos os animais furtados.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.