Bruno Marcos de Oliveira – suspeito de assassinar prefeito de Tucuruí

A Polícia Civil apresentou, nesta terça-feira, 5, um dos envolvidos na morte do prefeito de Tucuruí-PA, Jones William, em julho deste ano. Bruno Marcos de Oliveira, 22 anos, foi detido na madrugada de hoje no Aeroporto Internacional de Belém, tentando fugir para São Paulo, ele portava documentos falsos.

De acordo com a Polícia Civil, Bruno comete homicídios desde os 16 anos de idade e tem envolvimento em pelo menos 20 mortes. Ele tinha mandados de prisão já expedidos pela morte do prefeito de Tucuruí, além do assassinato de um empresário, no município de Itaituba, e outro em Sergipe.

Segundo a polícia, Bruno foi indicado como suspeito da morte de Jones William após a checagem de imagens de câmeras de segurança, localizadas próximo ao local do crime. Bruno costumava praticar os assassinatos sem esconder o rosto, o que facilitou a ação da polícia na identificação.

Agentes da Divisão de Homicídios, com o apoio da Polícia Federal, realizaram a busca pelo suspeito e o encaminharam para a Delegacia Geral. Segundo a Polícia Federal, ele apresentou documentos falsos para viajar e já estava na sala de pré-embarque quando foi preso.

Morte de prefeito

Jones William foi baleado no dia 25 de julho, enquanto visitava uma obra no bairro Cristo Vive, em uma estrada que dá acesso ao aeroporto de Tucuruí. Dois homens chegaram ao local de moto, disparando diversas vezes contra o prefeito, fugindo em seguida. (Carajás)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.