Deputada Valderez Castelo Branco

A votação do Projeto de Lei referente ao empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 453 milhões, prevista para esta terça-feira, 12, na Assembleia Legislativa, foi adiada por decisão da Mesa Diretora da Casa. A líder do Governo, deputada Valderez Castelo Branco, lamenta a falta de acordo em relação a destinação de recursos para a TO-222, entre Araguaína e Novo Horizonte e o atraso na votação do projeto.

Inicialmente, Valderez articulou para votar Requerimento apresentado por ela e assinado por mais sete parlamentares, na sessão da Comissão de Constituição e Justiça, no dia 31 de agosto, para votação em separado do item que trata da destinação de recursos para TO-222. “Tentamos de todas as formas que colocassem em votação o Requerimento que pode devolver os 45 milhões e meio retirados de Araguaína, mas não houve acordo”, diz a deputada.

Durante as discussões em Plenário, Valderez apresentou outros três requerimentos solicitando a votação em separado de emendas supressivas e modificativas ao projeto, e outra para que seja realizada a votação nominal das proposituras já com a assinatura de 10 deputados. “Vamos discutir um pouco mais as mudanças e tenho certeza que chegaremos a um denominador comum e aprovaremos o projeto sem prejudicar Araguaína e nenhum município tocantinense”, completou a parlamentar.

As galerias da Assembleia ficaram cheias de líderes araguainenses e da região que vieram acompanhar a votação do projeto. “Parabenizo a todos os vereadores, prefeitos e a imprensa de Araguaína que vieram acompanhar a votação. Prometo que lutarei com todas as minhas forças para garantir os recursos para Araguaína”, concluiu Valderez.

Os requerimentos de destaques e para votação nominal do projeto obtiveram as assinaturas dos deputados Valderez Castelo Branco, Elenil da Penha, Jorge Frederico, Amália Santana, Nilton Franco, Amélio Caires, Valdemar Junior, Paulo Mourão, Eduardo Siqueira Campos e Luana Ribeiro.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.