Agência do Banco do Brasil de Ananás foi explodida por assaltantes

A agência do Banco do Brasil que foi explodida em Ananás, neste domingo, 3, está fechada não há previsão de quando deve retomar o atendimento. Os clientes que precisarem realizar serviços bancários devem procurar as unidades de Araguaína ou Xambioá, que estão mais próximas do município.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública disse que o policiamento ostensivo fica por conta da Polícia Militar e que já está investigando o assalto na agência de Ananás.

A Polícia Militar informou que está fazendo várias operações para amenizar o déficit do efetivo e falou que o concurso público está em andamento.

O assalto

Segundo a Polícia Civil, por volta das 2h30 de domingo (3), criminosos encapuzados e armados chegaram em uma camionete preta e fizeram reféns. Também explodiram um dos cofres da agência.

A polícia contou que pelo menos cinco homens participaram da ação, que durou cerca de 1 hora. Primeiro, eles passaram em um bar, que fica em uma praça movimentada da cidade, e pegaram aproximadamente oito reféns. Os moradores foram obrigados a subir na carroceria da camionete. Morador da cidade, o nutricionista Wallace Sousa disse que a praça São Pedro abriga bares, pizzarias e lanchonetes. É um dos lugares mais frequentados pela comunidade.

Depois, foram em outro bar, a cerca de 30 km da praça, e roubaram uma pick-up. Em seguida, foram até a única agência do Banco do Brasil na cidade. Eles quebraram as portas de vidro para ter acesso ao local e foram diretamente para a sala onde ficam os dois cofres. Um dos equipamentos foi explodido.

“Eu estava dormindo e acordei na hora. Escutei estourou e depois de alguns minutos, os tiros. Só me certifiquei se estavam todos em casa”, relatou o nutricionista.

Segundo a Polícia Civil, as primeiras informações são que não havia dinheiro no cofre, apenas documentos, já que dois dias antes o carro-forte tinha ido até a agência para buscar o dinheiro.

Os homens fugiram, em seguida. Eles abandonaram os reféns a cerca de 10 km da cidade, no povoado Sororoca, na TO-010. Ninguém se feriu. A polícia faz buscas pelos criminosos.

A camionete preta, usada pelos criminosos, foi abandonada em frente ao banco. Ela estava sem combustível. A polícia apreendeu o veículo para fazer perícia. Eles fugiram com a pick-up roubada no bar. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.