Neste sábado 03, na zona rural de Araguaína, a equipe da Força Tática da Polícia Militar atendeu uma denúncia no Assentamento Rio Preto. Os policiais foram até o local verificar as informações e um homem de 62 anos se apresentou à porta da casa com uma arma de fogo na mão, apontando na direção dos militares. O idoso não atendeu à solicitação de colocar a arma no chão fazendo menção de atirar contra os policiais. Diante da negativa de dispensar a arma, os militares deram um tiro de advertência, que não feriu o suspeito. Este, após negociação, acabou se entregando. Foi apreendido um revólver Taurus, calibre 38, cabo de madeira e cinco munições. Ele foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil para os procedimento cabíveis.

Em Xambioá, na tarde do sábado, 03, os policiais militares abordaram um homem com uma arma de fogo tipo artesanal. Segundo informações, este teria se envolvido em uma briga de bar e ido até sua residência buscar um facão e a arma para acertar contas com seu desafeto. A Polícia Militar fez buscas e localizou o outro envolvido na discussão armado com uma faca. Todos os envolvidos e as armas foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Araguaína e responderão conforme legislação penal.

Revólver e faca apreendidos na zona rural de araguaina
Revólver e faca apreendidos na zona rural de araguaina
Arma apreendida em Xambioá
Arma apreendida em Xambioá
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.