Presidido pelo governador Marcelo Miranda, o 3º Encontro do Fórum de Governadores do Brasil Central, realizado em Palmas, nesta sexta-feira, 11, no Palácio Araguaia, contará com a participação dos chefes do Executivo de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Rondônia. Em pauta, discussões sobre uma agenda positiva, projetos a serem implantados e a assinatura de um Protocolo de Intenções, documento que definirá a atuação dos estados envolvidos, através do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central.

Segundo Marcelo Miranda, o evento constituiu um instrumento essencial na tarefa de discutir e buscar soluções para os problemas comuns dos estados envolvidos, especialmente diante do cenário econômico atual. “Ao provocar as discussões e deliberações do fórum, o Tocantins dá a sua contribuição para o fortalecimento da Região Central do País. Juntos, vamos promover mudanças consideráveis no cenário econômico dos estados envolvidos”, disse o governador. “Estamos discutindo assuntos que nos são comuns, em busca de soluções conjuntas e viáveis”, afirmou.

O início dos trabalhos está previsto para 9 horas, na sala de reuniões, com a apresentação dos projetos iniciais a serem realizados por meio do Consórcio Brasil Central. “A princípio, as demandas serão voltadas para o desenvolvimento nos setores  de empreendedorismo,  inovação tecnológica e em políticas para a Educação”, esclareceu o governador tocantinense.

Consórcio Brasil Central

A criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central permitirá a execução de políticas públicas, além de reunir recursos dos Estados membros, captar recursos e fortalecer a atuação política do Centro-Oeste. O consórcio terá seu escritório-sede em Brasília.

Protocolo de Intenções

Em um segundo momento, os governadores irão assinar um Protocolo de Intenções, documento que especificará a base e a formatação do consórcio, além de definir como, onde e quais os projetos a serem executados.  A elaboração do documento tem o respaldo dos secretários de planejamento, procuradores e técnicos dos estados envolvidos.

Ainda durante o evento, os governadores devem assinar as mensagens a serem enviadas ao Poder Legislativo de cada unidade federativa envolvida. A elas serão anexadas minutas do Protocolo de Intenções.

Participantes

Além de Marcelo Miranda, fazem parte do Fórum os governadores do Mato Grosso, Pedro Taques; de Goiás, Marconi Périplo; de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg; e de Rondônia, Confúcio Moura e o ministro-chefe da secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger (em Palmas, representado pelo ministro interino Vitor Chaves).

Percentuais

Os estados que compõem o Fórum respondem por 25% do território nacional; 45% da produção bovina do País; e 26% de toda a produção agropecuária do Brasil.(Ascom)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.