Divulgação
Divulgação

Um evento astrológico raro que acontece no final deste mês poderá anunciar o fim dos dias, de acordo com um pastor.

O quarto eclipse lunar em apenas dois anos acontecerá em 28 de setembro deste mês. Os anteriores ocorreram em dias santos judaicos, e este também o será.

O quarto eclipse lunar dará à lua uma tonalidade avermelhada, recebendo, assim, o nome “lua de sangue”, e nesse evento ela ainda parecerá maior que realmente é, porque estará mais próxima da Terra.

Alguns cristãos acreditam que o evento celestial poderia marcar o início de terríveis acontecimentos, com base em uma passagem bíblica que diz que sobre o sol se converter em trevas e a lua em sangue, antes do grande dia em que o Senhor virá.

Evento astrológico raro que ocorre dia 28 de setembro poderá anunciar o fim dos dias, de acordo com um John Hagee, um pastor cristão.

De acordo com os que se preparam para o apocalipse, isso poderia ser sinal de uma profecia do Antigo Testamento, prevendo o fim do mundo.

John Hagee, um pastor cristão que escreveu um livro a respeito dos quatro eclipses, disse que cada vez em que ocorreu uma “tétrade”, quatro eclipses em menos de dois anos, ao longo de dias importantes do calendário judaico, eventos religiosos significativos também acontecem.

Em 1493 ocorreu a primeira tétrade e se viu a expulsão dos judeus pela Inquisição Católica Espanhola.

A segunda aconteceu em 1949, logo após o Estado de Israel ter sido fundado, e o mais recente, de 1967, aconteceu durante a Guerra dos Seis Dias, entre árabes e israelenses.

John afirmou que os eventos foram sinais de Deus e que duas “luas de sangue”, em 2014 e 2015, apontam para acontecimentos dramáticos no Oriente Médio e, como resultado, mudanças no mundo todo.(Dailly Mail)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.