Um homem preso em Palotina, no oeste do Paraná, tirou a tornozeleira eletrônica e instalou no pescoço de um cachorro, segundo a Polícia Militar (PM). A PM disse que o homem foi preso por tráfico de drogas, na tarde de quarta-feira (29).

Ele foi preso enquanto estava em uma praça da cidade, com porções de maconha. Na delegacia, conforme a PM, os policiais identificaram que o homem cumpre pena com o equipamento, mas que estava sem a tornozeleira.

Ao ser perguntado onde estava o equipamento, o preso disse que havia deixado em casa. A tornozeleira foi encontrada no pescoço do cachorro, segundo os policiais.

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) disse que a tornozeleira foi rompida no dia 13 de agosto, às 11h31. Conforme o departamento, não houve nenhuma falha no sistema de monitoramento, que identificou o dano ao equipamento e tentou contato com o preso, como determina o procedimento.

Depois de ter as tentativas de contato não respondidas, segundo o Depen, o caso foi comunicado à Vara Criminal de Palotina, que é responsável por definir o que deve ser feito neste caso. O suspeito cumpria pena provisoriamente por tráfico de drogas com a tornozeleira.

O homem, primeiramente, estava preso na 15ª Subdivisão Policial de Cascavel e saiu da cadeia em 25 de maio, após uma audiência de custódia em que o juiz determinou que ele aguardasse julgamento sendo monitorado pelo equipamento. Ele colocou a tornozeleira em 25 de maio.

Segundo o Depen, o equipamento vai ser encaminhado para uma perícia técnica e, caso seja detectado que o homem estragou a tornozeleira, também responderá por dano ao patrimônio publico. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.