Cesar Halum

Oficializados por suas respectivas siglas partidárias como candidatos ao Senado na coligação que se forma em torno da candidatura à reeleição de Mauro Carlesse (PHS) ao Governo do Estado, o ex-governador Siqueira Campos (DEM) e o deputado federal Cesar Halum (PRB) foram oficialmente apresentados na composição majoritária durante a convenção do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) no início da noite deste sábado, 4, na Assembleia Legislativa, em Palmas.

Aos milhares de militantes e apoiadores que lotaram o auditório e o hall do Parlamento ao longo de todo o dia, os candidatos ao Senado enfatizaram seu empenho na defesa do desenvolvimento do Tocantins e a união entre si para, no Congresso, ver aprovados os projetos de interesse do Estado.

Em seu discurso, Siqueira Campos defendeu bandeiras de fortalecimento da infraestrutura logística, como as ferrovias Norte/Sul e Leste/Oeste e o derrocamento do Pedral do Lourenço, fundamentais para interligar, pelos modais ferroviário e hidroviário, o Tocantins às demais regiões do Brasil e ao mundo, facilitando o escoamento da produção e, consequentemente, atraindo investimentos.

De modo enfático, o ex-governador defendeu sua candidatura a senador e também a reeleição de Carlesse. “Eu quero dizer para vocês que eu ainda estou bastante competitivo, graças a Deus! Governador, espere sempre a minha colaboração, estarei de coração aberto, com a melhor boa vontade, porque eu lhe conheci pelos seus atos. Esse é um líder extraordinário, que veio de presente de Deus para o Tocantins”, disse a Carlesse.

César Halum, por sua vez, considerou que o eleitor que votou em Carlesse ao Governo na eleição suplementar, no final do mês de junho, deve votar novamente no pleito de outubro, para manter a estabilidade conquistada, e que não pode ser ameaçada, principalmente, por ser uma candidatura que representa o desenvolvimento. “Ele será um exemplo de governador. Um exemplo de gestão eficiente e boa para o Tocantins”, destacou.

O candidato também frisou a importância de sua eleição e da eleição de Siqueira Campos ao Senado. “Estamos nessa caminhada juntos. Quero dizer a vocês que lá no Senado, eu e o Siqueira seremos, além de companheiros, unidos para o trabalho. Eu quero pedir a cada um dos meus amigos, aos meus eleitores, o voto ‘casado’: Cesar, Siqueira e Carlesse”.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.