A Secretaria de Estado da Segurança Pública – SSP, através da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes de Maior Potencial contra a Administração Pública – DRACMA, informa que, até o início da noite desta sexta-feira, 3, 23 pessoas foram presas na segunda fase da Operação Jogo Limpo. Além dos 22 indivíduos presos pela  manhã e que permanecem recolhidos em unidades prisionais, a disposição do Poder Judiciário, Renato César Auler Amaral dos Santos, apresentou-se recentemente na sede da Dracma.
A SSP informa, ainda, que todos os 31 mandados de busca e apreensão, também expedidos judicialmente, foram cumpridos no Tocantins e em Goiás, nos municípios de Palmas, Aparecida do Rio Negro, Fortaleza do Tabocão e Goiânia (GO).
As autoridades policiais responsáveis pelas investigações foram contatadas pelos advogados dos três investigados contra os quais estão em aberto mandados de prisão temporárias, sobre a possibilidade de apresentação espontânea dos respectivos representados, que não sendo efetivada, importará na adoção das medidas legais para o fiel cumprimento dos mandados pela Polícia Civil.
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.