Claudia Lelis em Araguaína

Durante a abertura da feira de negócios AraguaínaTem, nessa quinta-feira, 11, em Araguaína, promovida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Associação Comercial da Cidade, a vice-governadora Claudia Lelis ressaltou a importância da cidade como polo de desenvolvimento para a região norte. “Temos aqui as maiores oportunidades para o empresário tocantinense e toda a região, portanto nada melhor que uma feira como essa para debater essas oportunidades”, destacou, acrescentando que “os desafios não são poucos na área empresarial, mas o Governo vem trabalhando muito para alavancar o desenvolvimento da região”.

A vice-governadora anunciou, aos empresários da região, que o governador Marcelo Miranda encaminhou, essa semana, projeto de lei que propõe a redução da base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços de 8% para 4% nas saídas interestaduais de gado vivo.

“Essa medida temporária busca fortalecer a atividade pecuária, nesse momento em que o preço pago pela arroba do gado está depreciado, em razão da crise econômica, que afeta o consumo em todo o país”, pontuou.

Claudia disse estar confiante de que os deputados estaduais aprovarão a medida que trará benefícios para toda região.

Outro projeto também em tramitação na Assembleia e que depende da aprovação dos parlamentares prevê contratação de empréstimo na Caixa, no valor total de R$ 453 milhões.

“Esse recurso vai beneficiar diretamente Araguaína, com investimentos no fortalecimento da segurança pública e a tão esperada duplicação do trecho Novo Horizonte-Araguaína”, anunciou Claudia Lelis.

Após a abertura oficial, a vice-governadora, acompanhada do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas; do presidente da Fieto, Roberto Pires; do presidente do Sebrae, Omar Hennemann;  do presidente da Aciara, Marcio Parente e demais autoridades, visitaram os estandes da feira, quando cumprimentaram os expositores.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.