Ex-prefeito de Palmas, Raul de Jesus Lustosa Filho
Ex-prefeito de Palmas, Raul de Jesus Lustosa Filho

Ao registrar candidatura a prefeito pela coligação “Coragem pra Fazer Diferente”, Raul Filho (PR), 57 anos, declarou possuir um patrimônio total de R$ 12,27 milhões. O valor é R$ 11,36 milhões superior ao declarado pelo próprio candidato em 2008, quando ele exercia o cargo de prefeito e buscava à reeleição.

Na época, Raul Filho declarou possuir bens no valor R$ 908,4 mil. Em termos percentuais, o crescimento patrimonial do ex-prefeito ficou em 1.251%. Para se ter um parâmetro de comparação, a inflação acumulada de julho de 2008 a julho de 2016 ficou em 63,50%, ou seja, quase 20 vezes menor que o crescimento patrimonial registrado por Raul Filho.

Caso a evolução patrimonial de Raul fosse igual a inflação, o ex-gestor deveria estar com patrimônio de R$ 1,48 milhão – oito vezes menos do que ele declarou agora.

Bens

Vários dos bens declarados por Raul Filho em 2008 não aparecem na declaração atual. Entre eles, cinco imóveis em Ponte Alta do Tocantins. Além disso, na declaração atual, a maior parte dos bens de Raul Filho não estão no Estado e a cidade mais beneficiadas com investimento do ex-prefeito é Santana do Araguaia, no Pará. O município, de cerca de cerca de 67 mil habitantes, possui R$ 6,87 milhões em imóveis de Raul Filho, incluindo uma fazenda de R$ 4,79 milhões e uma casa de R$ 943,5 mil. Na conta, não estão sendo computadas as 2.090 cabeças de gado, avaliadas em mais de R$ 2 milhões, que o ex-prefeito declarou possuir.

Cheques

Nos mais de R$ 12 milhões de bens que Raul Filho declarou possuir na Justiça Eleitoral, estão R$ 1 milhão em cheques e R$ 825 mil na conta pessoal do Banco do Brasil. Em 2008, Raul não declarou possuir cheques com ele e disse ter apenas R$ 25,9 mil na sua conta no Banco do Brasil.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.