Cintia Ribeiro
Cintia Ribeiro

“Sou mãe. E vejo os filhos de outras mães serem tratados com descaso. É uma falta de respeito. É desumano”.

Foi assim que a candidata a vice-prefeita pela coligação “Palmas bem cuidada”, Cinthia Ribeiro (PSDB), definiu a situação da saúde no Estado do Tocantins, que vive sérios problemas administrativos e enfrenta um caos generalizado.

Além de enfrentar uma greve em vários setores, o governo estadual encontra dificuldades ainda para manter diversos serviços na saúde. No HPG (Hospital Geral de Palmas), por exemplo, falta até comida para funcionários e pacientes.

Em sua página oficial no Facebook, Cinthia parabenizou a atitude do senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), que anunciou nesta quinta-feira (25) que pedirá ao governo federal intervenção na saúde do Tocantins.

O parlamentar já determinou à sua assessoria jurídica as medidas para oficializar o pedido.

“O senador Ataídes teve sensibilidade ao perceber a única saída possível para acabar com o caos instalado na rede estadual de saúde. Faltar comida para enfermos é inadmissível. Faltar comida em um hospital infantil é muita crueldade. Registro aqui a minha indignação como cidadã, mulher e mãe”, escreveu Cinthia Ribeiro.

Ela disse ainda que é no momento das adversidades que as pessoas, e principalmente os gestores, precisam arregaçar as mangas e resolver os problemas, sem se “vitimizar”.

“Passei por muitos problemas na minha vida, e ao invés de lamentar, de ficar chorando e de me fazer de vítima, escolhi enfrentar as dificuldades, e graças a Deus, consegui vencer as adversidades. Assim devem agir as pessoas. Assim devem agir os políticos”, disse.

No comício realizado nesta quinta-feira (25) à noite na 605 Norte e numa reunião na casa de uma eleitora na 706 Sul, Cinthia revelou que o município é responsável por 100% do atendimento básico na saúde e destacou a inauguração de 17 postos de saúde na gestão de Carlos Amastha.

A candidata a vice lembrou também que a população de Palmas não pode retroceder no tempo e voltar a pensar numa prática de política antiga, “com gente envolvida em casos de corrupção e escândalo.”

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.