Na última quinta-feira, 06, no hospital público do Estado no município de Dianópolis, o presidente do Sintras, Manoel Pereira de Miranda, reuniu com vários servidores para discutir e esclarecer sobre demandas da saúde.

Na ocasião os servidores sanaram dúvidas sobre o Plano de Cargo Carreira e Remuneração da saúde e sobre o acordo que definiu os pagamentos das progressões e seus retroativos, além de gratificações, plantões extras e aposentadoria.

Além dessas conquistas da entidade, Manoel Miranda explanou também outras ações do sindicato como os cursos de qualificação ofertados pelo Instituto Educacional Wilmar de Araújo Mendes – Inewam. Hoje já somam 20 capacitações à distância ofertadas gratuitamente aos filiados do Sintras.

Troca

O presidente informou ainda que para proporcionar maior comodidade aos filiados do Sintras e conforme a necessidade estará fazendo a troca dos colchões das casas de apoio.

Taguatinga

Já em Taguatinga, na última sexta-feira, 07, a diretoria do Sintras reuniu com servidores e depois cobrou dos gestores da prefeitura a implantação do PCCR.

Participaram da reunião os representantes dos servidores, membros da comissão de elaboração do plano os profissionais de saúde, Luzineide Xavier dos Santos e Laurenice dos Santos Magalhães Salgados e vários servidores.

Após a reunião com a categoria, o presidente do Sintras, Manoel Pereira de Miranda, juntamente com o diretor Domingos Rodrigues da Silva, se reuniu com o secretário de saúde do município, Edivaldo Pereira da Silva e o chefe de gabinete José Milton da Silva, para discutir e cobrar a implantação do PCCR.

Os representantes da prefeitura informou aos diretores do Sintras que até o final de setembro o PCCR será encaminhado a Câmara de Vereadores para os procedimentos da casa de lei.

O sindicato iniciou os trabalhos de elaboração e implantação PCCR dia 20 de março de 2014.(Ascom)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.