No início da madrugada desta quinta, 30, policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Norte, em Araguaína, efetuaram a prisão em flagrante de Mirisllany da Silva Veras Souza, de 24 anos, suspeita de praticar tráfico de drogas na região. Ela foi detida no interior de uma van, quando transportava cinco quilos de maconha.

Segundo o delegado José de Anchieta, titular da DEIC da região norte e responsável pelo caso, a mulher foi capturada por volta de meia noite, depois que policiais civis daquela delegacia especializada receberam denúncia anônima informando que uma passageira que estaria numa Van que faz linha Palmas-Araguaína estaria carregando consigo, cerca de cinco quilos de substância entorpecente. Com base na denúncia, os policiais montaram campana na BR 153, já no perímetro urbano de Araguaína, à espera do veículo que estava vindo da capital.

Depois da meia-noite, o transporte coletivo foi abordado e, após a realização de buscas nas bagagens dos passageiros, os policiais civis encontraram cinco tabletes de maconha, os quais estavam acondicionados dentro de uma mala, de propriedade de Mirisllany. De imediato, ela recebeu voz de prisão e foi encaminhada à Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Anchieta, a apreensão de mais cinco quilos de maconha, em Araguaína, representa mais uma vitória contra o tráfico, uma vez que esta droga não será mais distribuída para usuários da cidade. “Essa ação teve um desfecho satisfatório, porque além de prendermos a mulher que estava transportando esses cinco quilos de maconha, nós impedimos que essa droga chegasse a ser distribuída nos bairros de Araguaína, o que poderia gerar ainda mais violência, pois é sabido que, por meio da droga, muitos outros crimes são cometidos”, finalizou.

Após os procedimentos cabíveis, a jovem foi encaminhada à carceragem da Cadeia Pública Feminina de Babaçulândia, onde permanece à disposição da Justiça.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.