Rafael dos Santos Lima, de 26 anos, foi preso em flagrante nesta quinta-feira (20) em Araguaína, no norte do Tocantins. Esta é a segunda vez que o rapaz é preso em menos de um mês, mas o que chama a atenção é o fato de ele ser cadeirante. Desta vez, a Polícia Militar diz que o rapaz furtou uma carteira com R$ 3,5 mil após abrir a porta de um carro que estava estacionado em uma avenida, no centro da cidade.

Na primeira vez que foi preso, no dia 25 de julho, Lima teria furtado R$ 360 em uma loja e escondido o dinheiro no ânus. Segundo as informações divulgadas pela PM, ele entrou em um dos provadores do estabelecimento e furtou o dinheiro de um dos clientes. O dinheiro foi encontrado depois de revista. Ele foi localizado após ser filmado por câmeras de segurança.

Nesta quinta-feira, o cadeirante foi localizado na rodoviária da cidade, quando tentava comprar uma passagem até Anápolis (GO). A dona da carteira, Amanda Barros Assis, disse que a ação do rapaz não durou 15 minutos. “Não consegui travar o carro porque estava com um bolo na mão. Quando voltei não encontrei a carteira”. A mulher só descobriu que tinha sido furtada depois de ver as imagens de uma câmera de segurança.

O circuito de segurança da empresa de Amanda Barros registrou parte da ação (veja o vídeo acima). Nas imagens, Rafael aparece descendo pela avenida e logo em seguida se aproxima do carro. Depois de alguns minutos ele deixa o local.

Outra situação que chama a atenção é que o cadeirante deixou a Casa de Prisão Provisória de Araguaína nesta quarta-feira (19), após ser liberado pelo crime do dia 25 de julho. Lima foi levado de volta para a CPPA e apenas R$ 2,5 mil foram recuperados.

Na primeira vez que foi preso, ele contou que vive em Estreito (MA) e está de passagem por Araguaína. O suspeito informou ainda que não tem familiares e é aposentado por invalidez. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.