imagem ilustrativa
imagem ilustrativa

A Polícia Civil de Araguaína efetuou na madrugada desta terça-feira, 18, a apreensão de cinco adolescentes infratores pela prática de crime análogo a latrocínio, o qual vitimou o senhor Hegno Paixão Borges, de 48 anos de idade, fato ocorrido no final da noite da última segunda-feira, 17, no  Setor Cimba, naquele município.

De acordo com o delegado Silneyr Deofanes de Castro, responsável pelo caso, os cinco menores de idade foram capturados pela Polícia Militar, após um intenso patrulhamento, duas horas depois do crime, quando se encontravam na residência da mãe de dois deles, localizado no mesmo Setor, onde o latrocínio aconteceu.

Ao chegar ao local, os policiais foram recebidos pela mãe de dois dos adolescentes infratores, os quais juntamente com os outros comparsas, estavam escondidos no interior do imóvel. Todavia, um dos menores de idade tentou fugir do local, pulando uma janela, mas não obteve êxito. Nesse momento ele retornou e, armado com um revólver calibre 22, efetuou disparos contra as equipes da policia militar, que revidaram e atingiram o rapaz, que mesmo socorrido imediatamente, veio á óbito, no hospital.

Após serem ouvidos pela polícia, os adolescentes infratores apreendidos mostraram onde haviam escondido os objetos e veículos roubados das vítimas durante o assalto a casa do Sr. Hegno. Desta forma, os policiais recuperam, em um terreno baldio, um notebook, marca positivo, uma bolsa feminina de cor bege, contendo documentos pessoais e cartões de banco, além de uma motocicleta Honda BIZ, de cor preta e uma CG 150cc, de cor vermelha.

Após os procedimentos cabíveis, os cinco adolescentes foram recolhidos no Centro de Internação Provisória de Santa Fé do Araguaia, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

O crime

Por volta das 23h15 da noite da última segunda-feira, 17, o filho da vítima, um jovem de 20 anos, estava saindo da residência da família, a qual fica localizada no Setor Cimba, quando sete adolescentes passavam pela rua e avançaram contra ele. Para defender o filho, o Sr. Hegno pegou uma cadeira na tentativa de afugentar os agressores, todavia, os menores passaram a agredi-lo com socos e chutes e, após receber uma pedrada na cabeça, à vítima caiu ao chão, momento em que passou a ser brutalmente espancada com pedras, pedaços de madeira, tijolos e facadas, tendo inclusive recebido um profundo corte de facão no pescoço.

Depois disso, os menores adentraram na residência e começaram a quebrar tudo, agredindo ainda mais o filho da vítima e sua mãe, os quais tiveram que ser internados com várias lesões e hematomas. Os adolescentes então subtraíram objetos pessoais e duas motocicletas de propriedade das vítimas e fugiram tomando rumo ignorado.(Ascom/SSP)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.