A última terça-feira, 4, foi de intenso trabalho para os bombeiros de Araguaína, norte do Estado, que atuaram em várias ocorrências. Entre elas estão dois resgates, sendo o primeiro de uma vítima de soterramento e o segundo de um capotamento. Além do combate a um incêndio em uma residência na zona rural do município.

A primeira ocorrência aconteceu por volta de 11 horas, quando os bombeiros foram acionados para resgatar o pedreiro Antonio Cruz Miranda de 56 anos. O trabalhador cavava uma fossa, dentro de um imóvel em construção, quando as paredes da mesma cederam.  Antônio escavava a uma profundidade de cerca de três metros, e acabou ficando com parte do corpo soterrado. A equipe dos bombeiros realizou o procedimento de escoramento das paredes e a vítima foi liberada, uma vez que não precisou de cuidados médicos, pois não sofreu nenhuma escoriação.

O segundo chamado veio da zona rural por volta de 15h30, quando os bombeiros foram acionados para combater um incêndio em uma residência no Povoado Água Amarela, distante 9 km de Araguaína. O fogo se alastrou rapidamente pela casa feita de palha e não houve como resgatar os bens do interior do imóvel. Moradores vizinhos contam que um cabo da rede elétrica pode ter se rompido e causado um curto circuito. Os bombeiros fizeram o rescaldo das chamas para que o fogo não se alastrasse para as outras residências e nem atingisse as áreas de vegetação. Nenhuma pessoa ficou ferida no acidente.

Capotamento

Uma pick-up, modelo Saveiro, placa HCU-8564, capotou na noite terça-feira, por volta de 23 horas, na BR-153. O motorista, Marcelo Gonçalves, de 42 anos, perdeu o controle após ser fechado por outro veículo e capotou na pista.

A esposa do motorista que também estava no carro foi arremessada para fora do veículo e teve traumatismo na face. Marcelo ficou preso às ferragens e teve que ser retirado por uma equipe dos bombeiros. Apesar da gravidade do acidente, o motorista teve apenas leves escoriações. Os dois foram encaminhados para o Hospital Regional de Araguaína.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.