menores apreendidos
menores apreendidos

Nesta segunda-feira 17, por voltas das 23 h, oito jovens invadiram a casa do representante comercial Hegno Paixão Borges, de 48 anos, no Setor Cimba em Araguaína e o espancaram durante um assalto.

De acordo com a Polícia Militar na casa também estava o filho do representante comercial, o jovem Hegno Abner Nogueira, de 20 anos, que também foi agredido e está internado.

Seis suspeitos foram localizados, cinco deles são menores de idade e um deles é fugitivo da Casa de Prisão Provisória de Araguaína, que morreu após trocar tiros com os policiais.

Os jovens assaltantes estavam armados e durante a ação destruiram objetos dentro da residência e agrediram moradores com pedaços de concretos e com golpes de facão. Pai e filho foram socorridos pelo (SAMU) Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e encaminhados para o Hospital Regional de Araguaína.

O representante comercial passou por uma cirurgia, mas devido a gravidade dos hematomas acabou não resistindo e morreu nesta terça-feira 18.

O filho do representante comercial continua internado no HRA e o estado de saúde dele não foi informado. Os seis assaltantes foram localizados em outra casa do setor Cimba, após uma denúncia anônima. Durante a abordagem da polícia, Railson Alves Ribeiro, de 18 anos, reagiu atirando contra a guarnição da polícia e foi atingido pelos militares. Ele morreu no local. O jovem era fugitivo da Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Os outros dois suspeitos do ação criminosa não foram identificados ainda, a suspeita da polícia é que eles também sejam menores. Os menores apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Araguaína.  (Foto: Luiz Erandes)

Hegno Borges, vítima espancado por menores
Hegno Borges, vítima espancado por menores
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.