Ataides Oliveira (PROS)
Ataides Oliveira (PROS)

Sobre pesquisa Serpes, publicada neste domingo (17), no Jornal do Tocantins, o candidato da Coligação Reage Tocantins ao governo do estado, senador Ataídes Oliveira (PROS), se diz surpreso com os números.

Me surpreende o resultado dessa pesquisa porque difere muito, não só das nossas sondagens internas, mas também, do que vem sendo divulgado em pesquisas publicadas por outros jornais, que nos colocam com percentuais de aprovação variando entre 8% e 9%. Infelizmente, o histórico de erros deste Instituto nos leva a questionar a veracidade dos resultados. Quem não se lembra nas eleições municipais de 2012, quando esse mesmo Instituto, no mesmo veículo de comunicação, divulgou uma pesquisa um dia antes das eleições na Capital, 06 de outubro, onde o candidato do PV, o deputado Marcelo Lelis aparecia com 8,1% à frente do candidato Carlos Amastha? Quando na verdade, o resultado da eleição foi exatamente o contrário: Amastha venceu Lelis com 49,65% dos votos e Lelis perdeu com 43,24%, uma diferença de 6,41%.

Todos sabem que é muito comum a manipulação de pesquisas e venda de resultados em eleições. E o pior é que os responsáveis por isso seguem impunes. Um prejuízo enorme para a democracia, para o processo eleitoral.

No caso desta pesquisa a distorção é tamanha que até mesmo a soma dos percentuais não bate, pois ora fica aquém ora ultrapassa o total de 100% dos eleitores consultados, o que é inadmissível e a torna bastante suspeita. Espero que o Ministério Público Eleitoral fiscalize e acompanhe com rigor essa questão. A fraude em pesquisas eleitorais é crime que deve ser coibido com severidade.Um prejuízo enorme para a democracia, para o processo eleitoral.

Aproveito para dar um conselho a quem compra e vende resultados de pesquisa: os números não mentem e a verdade sempre vem à tona. É muito melhor uma candidatura crescer nas pesquisas, mesmo que seja aos poucos, que despencar do dia para a noite. O único resultado efetivamente válido é o das urnas.

Enquanto alguns já se consideram eleitos e, portanto, não precisam mais de votos do eleitor, a nossa candidatura continua firme e forte, conquistando os cidadãos tocantinenses, com seriedade e compromisso. Reage Tocantins!”. Afirmou o senador indignado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.