O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Tocantins (Sindiect) entrou na justiça com dez ações individuais por danos morais e um pedido de indenização de até R$ 150 mil, aos funcionários da empresa de correio no estado. O motivo das ações são os assaltos que vêm acontecendo com frequência nas agências, principalmente no interior do estado, causando medo nos trabalhadores.

De acordo com o Sindiect, só neste ano foram registrados cerca de 60 assaltos aos correios no Tocantins. O sindicato cobra maior segurança nas agências pedindo porta com detector de metais e seguranças armados.

Em nota, a assessoria de comunicação do correios informa que todas as unidades de atendimento no Tocantins possuem sistema de segurança, de acordo com previsto na matriz da ECT. A nota afirma também, que é responsabilidade do estado garantir maior segurança, sobretudo nas cidades onde os assaltos são recorrentes.

Por telefone, o comando da Polícia Militar do estado informa que é de responsabilidade dos correios a segurança da instituição, já que se trata de um órgão público federal. E diz que PM se responsabiliza apenas o policiamento preventivo das cidades. (Fonte: G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.