Marcos Cesar de Moraes Araújo e seu ajudante de pré-nome Francisco, se deslocavam com um caminhão Mercedes Bens modelo 1316 de cor vermelha e placas: GNH-0554, pela BR-230, rodovia Tranzamazônica, no município de Nazaré vindo de Grajaú-MA, com destino a Parauapebas-PA, quando em uma imensa ladeira dois assaltantes subiram no veículo e anunciaram o assalto. O caminhão estava carregado com gesso, e na hora subia em marcha lenta. Segundo o motorista Marcos Cesar, o veículo pertence e consta em nome de seu pai José Maria Araújo Moura, e o assalto aconteceu por volta das 20 horas deste ultimo domingo, 4.

Marcos explicou na delegacia que os dois foram amarrados dentro de um matagal, onde um ficou vigiando enquanto o outro assaltante saiu com o caminhão, voltando pouco tempo depois levando o veículo para a entrada de uma fazenda. Com isso as duas vitimas foram desamarradas e levadas até o caminhão onde foram obrigados a jogar a carga de gesso dentro de um capinzal. O vaqueiro da fazenda ouviu o barulho e em uma motocicleta foi averiguar o que estava acontecendo quando também foi rendido pelos bandidos que o puseram para trabalhar no esvaziamento do caminhão, cujo trabalho foi terminado por volta das 22 horas. Após isso um dos bandidos saiu com o veículo voltando pouco tempo depois com uma merenda para ambos. E que meia noite este sumiu deixando seu comparsa vigiando as vitimas.

O motorista contou que o dia já clareava quando o segundo assaltante foi embora na moto do vaqueiro, mas, antes obrigou ele e seu ajudante a ingerirem bebida alcoólica deixando apenas o vaqueiro amarrado. Quando o dia já estava claro pediram ajuda a uma van que passou próximo ao local que os levou até a delegacia de Tocantinópolis. Nenhuma das vitimas disseram ter visto o rosto dos bandidos pois estes obrigavam eles a não olharem para seus rostos, só que estes perceberam que eles estavam sendo apoiados por outros três comparsas que estavam em um automóvel, lembrando apenas das fisionomias dos assaltantes sendo dois meios gordos e um magro.

Além do caminhão os bandidos levaram ainda a quantia de R$ 150,00 do motorista e R$ 100,00 do ajudante além de um celular nokia. Marcos César lembrou ainda que os assaltantes disseram que não adiantaria eles procurarem o caminhão porque este seria imediatamente desmanchado para a venda das peças. (Tocnotícias)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.