“Essa obra certamente torna Araguaína uma referência em políticas voltadas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social”, considerou o governador Mauro Carlesse, ao participar da inauguração da nova sede da Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório, na manhã desta terça-feira, 3, em Araguaína. Segundo o governador, a partir de iniciativas dessa natureza, muitas crianças certamente terão a oportunidade de uma vida melhor.

A casa conta com alas separadas por idade e sexo e tem capacidade para atender mais de 30 crianças e adolescentes. São cinco quartos com três beliches em cada, berçário, cinco banheiros, um banheiro com acessibilidade, salas de estar, de TV, coordenação, atendimento psicológico, assistência social, área de serviço, vestiário, cozinha, sala de atividades e refeitório, pátio externo para atividades de lazer e esporte.

De acordo com o projeto, crianças e adolescentes são encaminhados para o local por meio do Juizado da Infância e Juventude e pelo Conselho Tutelar. Até então, funcionava em casas alugadas. Para o prefeito Ronaldo Dimas, além de acolher, o espaço garante o acompanhamento por profissionais capacitados e foi um esforço da gestão para melhor assistir esse público menos favorecido da sociedade.

Recursos

A Casa de Acolhimento Ana Carolina Tenório custou R$ 544.751,85, sendo R$ 300 mil oriundos do Governo do Estado, por meio de emenda parlamentar, e R$ 244.751,85 provenientes do próprio município.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.