Secretário Heber Luis Fidelis Fernandes à esquerda – Idélio Andrade Sousa à direita

Após três anos como chefe da unidade prisional de Araguatins, onde alfabetizou reeducandos que passaram no Enem e colocou em prática diversos projetos de remissão de pena, Idélio Andrade Sousa foi exonerado do cargo.

A decisão da Secretaria de Cidadania e Justiça, que tem como chefe Heber Luis Fidelis Fernandes, foi publicada no diário oficial do estado no último dia 24 de julho. Familiares de internos contam que foram pegos de surpresa com a notícia pois o gestor contava com o respeito e admiração de todos. “Eu cheguei até a chorar com a notícia pois o senhor Idélio é como um pai para os presos. Lá dentro os reeducandos temem uma mudança no tratamento e o fim dos projetos que foram criados” afirmou Lucia Menegueti.

Rosinete Castro, mãe de um dos reeducandos, conta que é admiradora do trabalho de Idélio. “Ele realiza um excelente trabalho social e cumpre com o seu papel profissional respeitando as pessoas sem acepção. Só sendo mesmo alguém de Deus para conseguir manter em ordem uma cadeia superlotada e ainda oferecer oportunidades para que cada um possa sonhar com um futuro melhor em meio a sociedade.

Projetos

Idelio Andrade Sousa foi responsável por implantar os projetos de remissão de pena pelo corte de cabelos, lavagem de roupas, serviço interno de carceragem, crochê e três grandes projetos desenvolvidos em parceria com o Instituto Federal do Tocantins, como o “Projeto Porta Aberta” que ganhou destaque em todo o estado devido o incentivo à leitura e recentemente a implantação de uma granja e da “Horta Força e Fé”, que já é uma realidade e faz doação de verduras para outros projetos sociais na cidade.

“Sempre procurei cumprir com o meu dever prezando pelo respeito ao policial, ao interno e aos familiares e fico feliz por receber o reconhecimento do nosso esforço nesse período.

Agradeço a minha chefe de segurança Nilda e aos demais companheiros pela parceria. Saio do sistema penitenciário de cabeça erguida esperando que a próxima gestão possa dar continuidade aos benefícios que proporcionamos aos reeducandos e a sociedade Araguatinense”, ressaltou o Idélio.

Horta Força e Fé 4

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.