A OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) vai substituir, em 2017, o tradicional Baile do Rubi de Palmas pelo SambOAB, evento que será realizado no próximo dia 12 de agosto, no Ahãdu, a partir das 12 horas. A ideia da gestão da OAB é que a festa seja inclusiva, possibilitando a participação de toda a advocacia, em especial os de início de carreira. Por isso, os ingressos para advogados e advogadas custarão apenas R$ 80 por pessoa (cada advogado pode comprar até quatro ingressos) e R$ 100 para o público em geral. Os ingressos estarão a venda a partir de segunda-feira, 31 de julho.

Caso a gestão optasse por manter o baile no modelo tradicional, mesmo com subsídio pesado da Seccional, não haveria possibilidade de cobrar menos de R$ 180 por ingresso. Além do mais, o Baile do Rubi demandaria gasto grande de quem vai com a preparação para o evento, com vestidos longos, cabelereiros, maquiagem e compra de terno que dificilmente custariam menos de R$ 2 mil por casal.

Desde 2015, mais de 1,6 mil novos advogados passaram a fazer parte dos quadros da OAB-TO. A maior parte desse contingente é de jovens que recém estão entrando no mercado, trabalhando em escritórios como assalariados e sem condições de fazer grandes gastos em uma única festa.

“Nós não estamos tirando a importância do baile e nem desmerecendo o que foi feito por gestões anteriores. O baile foi importantíssimo para fixar a OAB institucionalmente e para dar credibilidade a Ordem. Porém, agora estamos em outro momento e com prioridades diferentes”, salientou o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi.

O presidente explicou que, em 2017, os esforços principais da OAB-TO estão no calendário de obras nas subseções e Secional, que será lançado nos próximos dias, e na Conferência Estadual da Advocacia, que ocorre no final de outubro.

Apenas em obras, a OAB lançará as construções das sedes de Tocantinópolis, Araguatins, Dianópolis e reformará por completo a Casa do Advogado em Colinas. Essas iniciativas custarão R$ 1,3 milhão. Além disso, a OAB ainda vai recuperar as subseções de Taguatinga, Miracema e instalará um novo sistema de acessibilidade para deficientes na Seccional, em Palmas. Para completar, nos últimos meses, em conjunto com a Caato (Caixa de Assistência ao Advogado do Tocantins) foram comprados computadores novos para quase todas as subseções e salas da advocacia, instalado um elevador na subseção de Gurupi, providenciada a iluminação no campo de futebol do clube de Araguaína e adquiridos vários aparelhos de ar condicionado. “Tudo isso custa dinheiro e é um investimento permanente para a advocacia. Em 2016, mesmo vendendo os ingressos para todos, tivemos R$ 53 mil de prejuízo no Baile do Rubi. Nos anos anteriores, o prejuízo com o baile superou os R$ 200 mil. A advocacia precisa de melhorias e por isso optamos em não fazer o baile”, ressaltou Ohofugi.

Festa

O SambOAB, que conta com o respaldo da Caato, terá como atração musical as bandas “Samba +” e “Vassunce”. No ingresso já conta com feijoada, caipirinha, cerveja, água e refrigerante. A festa tem previsão de durar toda a tarde. Para quem tem filho, haverá espaço kids (por adesão). Cada uma das bandas se apresentará por cerca de três horas. Os ingressos podem ser comprados, a partir de segunda-feira, 31 de julho, no Ahãdu, na Caato e no Empório Rio Hair. Mais informações sobre a festa podem ser obtidas nos telefones 3212-9623.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.