O Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO) reitera a todos os servidores públicos estaduais do Quadro Geral, da Unitins, Adapec, Ruraltins, Naturatins, Itertins e administrativos da SEFAZ, que, na próxima sexta-feira, dia 05 de agosto, haverá ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA em Palmas. A pauta é ratificar a decisão de deflagrar greve em razão do Governo do Estado se negar em pagar a data-base (revisão geral anual).

A convocação está no Diário Oficial do Estado (DOE) nº 4.659, do dia 11 de julho, página 48. Podem participar da Assembleia servidores estaduais sindicalizados ou não, desde que façam parte da base representada pelo SISEPE-TO.

A primeira convocação será às 13h30 e a segunda convocação será às 14 horas, quando a Assembleia terá início com qualquer número de servidores presentes. O local é a Quadra 103 Sul, Rua SO-05, Lote 13 (rua atrás da sede administrativa do SISEPE-TO em Palmas).

Os servidores reivindicam o pagamento dos retroativos da data-base 2015, além da implantação da data-base 2016 cujo índice fechou em 9,8307%, conforme INPC acumulado nos últimos 12 meses.

Os servidores que não moram em Palmas e que quiserem participar da Assembleia Geral terão suas despesas ressarcidas pelo SISEPE-TO. O Estatuto Social da entidade autoriza o ressarcimento. É preciso ficar atento, pois por orientação do Conselho Fiscal não serão ressarcidas as notas fiscais de combustível, alimentação e hospedagem que forem emitidas em Palmas, mesmo que o servidor seja de outro município.

Havendo necessidade de hospedagem, o servidor também será amparado pelo Sindicato. No entanto, ele deverá procurar a sede do SISEPE-TO com antecedência para solicitar a autorização.

MOBILIZAÇÃO A TODO VAPOR

Desde o dia 13 de julho, o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro e outros diretores do Sindicato, estão percorrendo as principais cidades do interior do Tocantins, realizando reuniões com os servidores nos órgãos de trabalho, esclarecendo dúvidas sobre a negociação da data-base e prestando esclarecimentos sobre como funcionarão os serviços durante a greve.

Foram visitados os seguintes municípios: Miracema do Tocantins, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Guaraí, Colinas do Tocantins, Araguaína, Tocantinópolis, Araguatins, Augustinópolis, Gurupi, Peixe, Natividade e Dianópolis. O cronograma de mobilização encerra nesta sexta-feira, dia 29, quando a equipe do SISEPE-TO estará em Taguatinga, região sudeste do Estado.

Segundo o presidente, no que depender dos servidores do interior, a greve terá 100% de adesão. “Temos recebido total apoio à reivindicação e estamos vendo de perto que o servidor está indignado e não vê outra saída para garantir o pagamento, que não seja a deflagração da greve. Infelizmente, a população vai sofrer as conseqüências da falta de gestão e de responsabilidade do Governo do Tocantins”, argumentou o presidente Cleiton Pinheiro.

Em Palmas, estão sendo realizadas outras estratégias de mobilização que continuam cobrando o pagamento da data-base. “Estamos distribuindo adesivos, cartazes de conscientização, plotando os vidros traseiros dos veículos dos servidores que manifestarem interesse e também estamos com outdoors por toda a cidade, cobrando o Governador e deixando a sociedade a par da nossa reivindicação”, contou o presidente.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.