O prefeito de Araguaína recebeu nesta terça-feira, dia 14, mais de 40 corretores de automóveis que atuam na Praça das Nações. A reunião teve como objetivo o debate quanto à criação de uma associação que represente a categoria e deliberar sobre o espaço adequado para a comercialização dos veículos. Foi mostrado o projeto de reconstrução da Praça das Nações no data show e a nova área, onde será construída uma praça em frente ao Detran, próximo à Avenida Filadélfia, com centenas de vagas para carros à venda.

Foi debatido também que a futura associação compre um terreno nas proximidades do Detran para servir de ponto de apoio aos trabalhadores filiados. Na frente do grupo, cujo alguns atuam na Praça das Nações há mais de 20 anos, o prefeito garantiu que o processo de reconstrução geral da Praça das Nações, que conta com recursos do Governo Federal, será iniciado após a transferência dos corretores.

Encontro

De acordo com o Angelfan Santos, representante da chapa provisória da associação, há vendedores do grupo que movimentam uma média mensal de até R$ 250 mil e chegam a comercializar e transferir mais de 15 veículos por mês, advindos de Belém (PA) e São Luís (MA), valores que geram impostos e renda para o Município. Para ele, a reunião sanou os anseios do grupo, que vende mensalmente mais de 150 veículos.

“Essa é a terceira reunião e é um bom início dos projetos para chegarmos em nossos objetivos”, disse Santos. Ele destacou também a facilidade de comercializar os veículos na frente do Detran. “Além de ser um ponto estratégico, é um dos melhores, por ficar às margens da Avenida Filadélfia”, admitiu.

Quem pensa da mesma forma é o corretor Antônio Neto. Ele garante que a categoria está satisfeita com o novo local. “O que esperávamos fomos atendidos e esperamos que as obras comecem logo”, afirmou.

Associação

Após a reunião, o grupo sentiu a necessidade de criar uma associação e legalizar o serviço no Município, onde todos os membros sejam credenciados para atuar como corretores na sede da unidade. Presente à reunião, o vereador Terciliano Gomes colocou a Câmara Municipal à disposição para a possibilidade de criação de uma lei que regulamente a categoria.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.