A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Augustinópolis, na última sexta-feira, 3, naquele município, a operação “Plantão”, a qual resultou na prisão em flagrante, pelo crime de receptação de Domingos Guedes de Miranda, de 20 anos de idade e na apreensão de diversos objetos furtados.

De acordo com o delegado regional Eduardo Morais Artiaga, responsável pela ação, uma equipe de policiais civis da DP de Augustinópolis, efetuava a investigação de crimes de furto, ocorridos nos últimos dias na cidade, quando recuperaram dois notebooks, os quais haviam sido furtados na madrugada de 03.07.2015, na autoescola bico do papagaio.

Os computadores foram encontrados em poder de Miranda, preso em flagrante delito pela receptação e por induzir menores ao crime, uma vez que, segundo apontaram as investigações da PC, o furto tinha sido praticado por dois adolescentes de 15 e 17 anos de idade. Ao ser ouvido pelo delegado, um dos menores confessou que, ao conseguir entrar nas dependências da autoescola e ter encontrado apenas R$ 45,00, ficou zangado e então, com uma tesoura, destruiu 22 carteiras nacionais de habilitação que estavam na gaveta para serem entregues.

Durante a operação, os investigadores da Polícia Civil descobriram ainda que o mesmo adolescente havia sido o autor de um furto ocorrido na farmácia do bico, também em Augustinópolis, poucos dias atrás, de onde subtraiu vários itens e a quantia de R$3.000,00, em dinheiro. A PC conseguiu recuperar alguns frascos de perfume das marcas Calvin Klein e Ferrari Black, que ainda estavam em poder do adolescente.

Segundo o jovem, dos R$ 3 mil furtados na farmácia, ele gastou R$ 1.200,00 com bebidas e mulheres e, com o restante, comprara uma motocicleta, Honda, Pop 100, que foi apreendida. O menor confessou ainda ter levado o aparelho de armazenamento de imagens do sistema interno de filmagens e o jogou em um bueiro, para que não corresse o risco de ser descoberto. O equipamento também foi recuperado e será submetido à perícia, para que se descubra se ele agiu sozinho, como afirma, ou se teve a ajuda de mais alguém. Domingos Miranda foi autuado por receptação dolosa e corrupção de menores, já que ficou comprovado que os adolescentes furtavam os objetos e os entregavam a ele e, após os procedimentos cabíveis, foi encaminhado a Cadeia Pública de Augustinópolis, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário. A PC lavrou dois Boletins Circunstanciados de Ocorrências – BOC, em desfavor dos dois menores de idade, que logo após foram entregues aos cuidados de suas famílias.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.