Um novo reajuste da tarifa de energia elétrica no Tocantins passa a valer a partir deste sábado, 4. O aumento foi aprovado no último dia 30 de junho pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Na contramão dessa decisão, está a população insatisfeita, que sente no bolso a alta da energia e reclama do serviço prestado pela Energisa.

Atendendo 556 mil unidades consumidoras no Estado, a Energisa passa a partir de hoje a cobrar mais caro pela energia que chega aos tocantinenses. Para grandes consumidores, como indústrias, o aumento será de 6,52%, e para pequenos consumidores, como residenciais, a alta será de 5,64%.

A notícia não agrada em nada os consumidores que reclamam constantemente da ineficiência dos serviços prestados pela Energisa. Exemplo disso, nessa sexta-feira, 3, em Araguaína, os setores Noroeste e Couto Magalhães ficaram sem energia elétrica por conta da queda de um poste de energia na Marginal Neblina. Moradores dessa região afirmam terem ligado para a concessionária assim que a luz foi interrompida, porém, os técnicos só reestabeleceram os serviços, mais de três horas depois.

Com um bebê de apenas 10 meses, a professora Ivone Lima, moradora do setor Couto Magalhães, afirmou  que sem poder ligar um ventilador, sofreu com a alta temperatura aliada à falta de energia na sua casa: “Pagamos caro para ter energia e ainda por cima temos que sofrer com o péssimo atendimento da Energisa, isso é um absurdo!”.

A dona de casa Lindalva Oliveira que mora no setor Noroeste também reclamou da situação: “Muito ruim isso “né”, uma falta de respeito com a gente que depende da energia pra não ficar no escuro, pra não estragar a comida na geladeira…”

Segundo Aumento

Esta é a segunda vez somente este ano que o valor da energia sobe no Tocantins. Em fevereiro, houve um aumento de 4,5% nas contas. Na época, a Aneel autorizou um reajuste extraordinário para todas as concessionárias, devido ao fim do aporte do Tesouro Nacional para os programas sociais do setor elétrico e ao aumento da tarifa de Itaipu. (Fonte: Portal O Norte)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.