Quatro meses antes de escolher quem será o governador do Tocantins para os próximos quatro anos, os eleitores do Estado vão às urnas neste domingo, 3, para eleger quem ficará no posto até dezembro.

A Eleição Suplementar ocorre em razão da cassação, em março, do governador Marcelo Miranda (MDB-TO) e de sua vice, Cláudia Lélis (PV) por uso de caixa dois.

Em todas as cidades do Estado, os eleitores devem comparecer às urnas entre 8h e 17hs.

São sete os candidatos, Carlos Amastha (PSB) Mauro Carlesse (PHS) Vicentinho Alves (PR) Kátia Abreu (PDT) Márlon Reis (Rede) Mário Lúcio Avelar (PSOL) Marcos Souza (PRTB).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.