Giulia Rayssa, do Colégio Militar de Palmas, recebe premiação da Secretária Adriana

Oito estudantes da rede estadual foram premiados com medalha de prata e bronze na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep 2017). A solenidade de premiação dos alunos medalhistas ocorreu nesta quarta-feira, 6, na Universidade Federal do Tocantins, com a participação de alunos, diretores, professores, coordenação regional da Obmep e da secretária de estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar.

Giulia Rayssa Alves, Colégio da Polícia Militar do Tocantins – Unidade I, com medalha de prata, e Bryan Hanibal da Silva Pereira, do Instituto Presbiteriano Educacional e Social, de Palmas, Bruna Caroline Lacerda da Silva, da Escola Estadual Beira Rio, de Palmas, Gilson Julio Peixoto Filho, da Escola Estadual Paraíso do Norte, de Paraíso, Gabriel Trabach Coelho, da Escola Estadual Dona Candida de Freitas, de Divinópolis, Kaio Cesar Barbosa Lima, da Escola Estadual Antônio Alencar Leão, de Guaraí, Hearlei Roger Moreno Filho e Reno Sampaio de Souza, do Colégio da Polícia Militar do Tocantins – Unidade I, com bronze, foram os alunos premiados da rede estadual.

Para Giulia Rayssa Alves, do Colégio Militar, a premiação é um reconhecimento pelo esforço e dedicação. “Estou muito orgulhosa. É resultado de empenho e dedicação aos estudos. Este ano sonho em conquistar a medalha de ouro”.  A estudante Bruna Caroline Lacerda da Silva, da Escola Estadual Beira Rio, disse que o prêmio representa uma vitória. “Há dois anos consegui duas monções honrosas e agora consegui o bronze e pretendo melhorar cada vez mais”.

Hearlei Roger, do Colégio Militar, disse que é a quarta vez que é premiado. “Todas as vezes que participei fui premiado. Foram três medalhas de bronze e uma menção honrosa. Estou muito feliz”.

De acordo com a secretária da Pasta, Adriana Aguiar, a conquista dos alunos é um reflexo da qualidade do ensino. “É um conjunto que compreende o esforço dos nossos alunos, o foco nos estudos, no objetivo na vida, o compromisso dos nossos professores em querer um ensino de qualidade para os nossos alunos. Esses estudantes são orgulho para o nosso estado e nossa educação e inspiração para outros jovens”.

Em 2017, mais de 18 milhões de estudantes brasileiros de 54.498 mil escolas de 5.539 municípios participaram da Obmep no País. Do Tocantins foram 186. 296 mil inscritos de 704 escolas das 139 cidades.

Segundo o coordenador regional da Obmep, Paulo Cleber Mendonça Teixeira, os alunos medalhistas ganham bolsa para o Programa de Iniciação científica (PIC Júnior). “É um incentivo a mais para os alunos participarem com maior êxito nas avaliações da Obmep”, completou a diretora do Colégio Estadual Antônio, de Guaraí, Aldenice Leandro de Souza.

Obmep

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.