Beneficiar os pequenos produtores rurais de Araguaína e mudar a realidade do campo. Esse é o objetivo da Prefeitura de Araguaína ao fazer a distribuição de calcário para mais de 300 famílias que vivem na zona rural do município. Desde a última sexta-feira, 23, até 1º de agosto, está aberto o cadastro de aquisição de calcário para a correção de solo nas pequenas propriedades rurais.

Os interessados em participar da seleção deverão apresentar cópias dos documentos pessoais (CPF, RG, Título de Eleitor, comprovante de votação) na Diretoria de Agricultura e Pecuária, instalada no prédio da Prefeitura, na Rua 25 de Dezembro, no centro, em horário comercial, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Além de outros especificados no Edital de Chamamento Público divulgado no Diário Oficial do Município no dia 6 de junho. Após esse processo, será feita a divulgação dos agricultores cadastrados.

Em seguida, será feita a coleta da amostra de terra, a qual será encaminhada ao laboratório para ser feita a análise do solo. O resultado dessa análise será entregue a todos os produtores cadastrados.

A partir disso, a Prefeitura fará a aquisição, a distribuição e a incorporação do calcário para os produtores rurais selecionados no programa. Serão em média três hectares por agricultor, um total de 1.125 hectares e 2.600 toneladas de calcário a serem distribuídas para 375 famílias.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato na Secretaria pelos seguintes telefones: 3411-7034 ou 3414-7457.

Processo

Desde início de junho, técnicos da Secretaria do Desenvolvimento Econômico estão visitando as comunidades e assentamentos rurais, para informar, tirar dúvidas e divulgar sobre o Programa do Calcário.

Em 2015, foram 301 produtores rurais beneficiados de seis assentamentos e de 17 comunidades rurais do Município. Ao total, foram distribuídas e incorporadas 1.806 toneladas. No ano passado, o número aumentou para 375 famílias beneficiadas e mais de duas mil toneladas de calcário foram distribuídas.

Benefícios do calcário

O calcário é fonte de cálcio e magnésio, neutraliza o alumínio que é tóxico para os cultivares (pastagem, milho, soja etc.), aumentando a disponibilidade dos nutrientes existentes no solo. O calcário, junto com a adubação, rende cerca 70% a mais na produção. (Marcos Filho)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.